sábado, 21 de maio de 2011

Brigadeiro e afeto e almoço de domingo

Acho que todos nós, brasileiros pelo menos, temos lembranças de momentos brigadeiro, sejam da nossa infância, da dos nossos filhos e em tempo da dos nossos netos. Temos com certeza memórias da adolescência, as moças pelo menos, quando para assistir a sessão da tarde comíamos brigadeiro às colheradas entre lágrimas emocionadas que os hormônios faziam saltar descontroladamente dos olhos...
E porque ninguém nunca pensou em fazer um negócio dedicado a eles, os brigadeiros? Bom finalmente alguém pensou e o negócio parece que vai muito bem obrigada! Mas porque esse papo de brigadeiro hoje?
Porque ontem foi o aniversário do meu cunhado querido e no final do jantar a Carol serviu um brigadeiro inusitado, de Ovomaltine!
Eu minto, apenas um pouco, quando digo que meu doce predileto é o de leite, mas ele fica ali “por una cabeza” do brigadeiro.
Não gosto muito de chocolate (isso é verdade, juro!), mas ironicamente faço sobremesas bastante interessantes com ele, por favor, não peçam receita porque fico arrasada. Já tentei, várias vezes, me desapegar, mas como boa mãe judia só entrego os pontos no leito de morte...Eu tenho esse negócio com doce digo que doce é yin(feminino), sem o menor conhecimento de causa, por pura intuição, e admiro sinceramente as mulheres que com largueza de espírito são capazes não apenas de preparar doces, mas passar a receita.
Meu livro de sobremesa vai andando, a passos tão curtos que não sei não...
Bom, deixemos de lero-lero e partamos para o almoço de sábado ou domingo, que com esse friozinho abre o apetite de dar medo, et voilá : creme de pupunha (palmito), torradas ao azeite trufado, omelete/souflê de queijo brie, ervilha torta (mangetout) cozida no vapor e pequeninas cebolas carameldas no suco de figos. De sobremesa pêra poché no suco de laranja temperado com cravo, bon appétit!

Creme de pupunha

Ingredientes: (por pessoa)

1 palmito pupunha
1 cl de café de manteiga
½ xícara de leite

Preparo:

Lave e seque o palmito e em fogo brando derreta a manteiga em frigideira inox. Quando o palmito estiver macio, retire processe com ½ xícara de leite, tempere esirva em bowls individuais.

Tiras de torradas ao azeite trufado

Ingredientes: (por pessoa)

2 fatias de pão tipo forma com 6 ou 12 grãos
2 cls de chá de azeite trufado

Preparo:

Corte as fatias em 2 ou 3 partes verticalmente sem retirar as bordas. Aqueça levemente uma frigideira, disponha 1 cl de azeite e disponha as tiras da primeira fatia e vire rapidamente para que as duas partes recebam azeite. Repita o processo com a segunda fatia.

Omelete suflê de brie

Ingredientes:

2 ovos
2 a 3 fatias de brie quase maduro
2 cls de sopa de leite
1pitada de canela em pó
1 pitada de noz moscada
Sal a gosto
1 cl de chá de azeite

Preparo:

Bata ligeiramente as gemas com o sal, canela, noz moscada e o leite, reserve. Bata as claras em neve e misture delicadamente às gemas. Espalhe com a ajuda de papel toalha o azeite numa frigideira anti aderente, aqueça e disponha a mistura cobrindo toda a panela. O fogo deve ser brando para não queimar a omelete. Coloque as fatias do queijo sobre a mistura, tampe por alguns minutos e abra para espalhar com cuidado algum liquido que ainda não tenha cozinhado. Tampe por mais 2 minutos e se o interior já estiver quase cozido,com a ajuda de uma colher dê formato de panqueca ou dobre um lado sobre o outro, desligue o fogo e deixe por mais 1 minuto tampado, sirva a seguir.

Ervilhas no vapor

Ingredientes:

1 punhado de ervilhas tortas bem lavadas
Sal

Preparo:



Com uma faquinha fina retire a ponta das ervilhas, salpique sal sobre elas e leve para o banho Maria que assim que levantar fervura deve ser desligado e as ervilhas devem repousar nesse calor por não mais que 3 ou 4 minutos.

Cebolas carameladas no suco de figo

Ingredientes: (por pessoa)

5 a 6 pequenas cebolas
Suco coado de ½ figo
1 cl de chá de açúcar mascavo

Preparo:

Em panela inox disponha o suco e o açúcar,misture bem e acrescente as cebolas inteiras sem casca, mexa a cada quanto, em fogo brando, até que escureçam.

Peras poché

Ingredientes: (por pessoa)

½ pêra descascada e desossada
Caldo de 1 laranja pêra
1 cravo
2 cls de sopa de iogurte cremoso levemente adoçado com 2 gotas de baunilha

Preparo:

Leve o iogurte ao frezer e ao fogo brando a pêra com metade do suco de laranja e o cravo. Cozinhe, a pêra, por alguns minutos, sem mexer, até começar a amaciar, secando acrescente aos poucos mais suco. Retire o iogurte do freezer e sirva com a pêra ainda quente, se quiser salpique sobre ela um pouco de canela em pó misturada a uma pitada de curry.

2 comentários:

  1. Brigadeiro addicted! Agora, de Ovomaltine? E não tem a receita? Me amassa que eu tô passada!

    ResponderExcluir
  2. é trocar o nescau por ovomaltine...

    ResponderExcluir